sexta-feira, 24 de maio de 2013

Amar é...




Amar é querer ter a todo momento

Amar é poder tocar uma estrela 
com os próprios dedos.
Amar é sentir no peito a força do universo
Amar é abrir os braços e sentir o teu calor
Amar é ser o teu sol de amor 
Amar é arrepiar se ao simples toque das mãos
Amar é sonhar e acreditar simplesmente.
Mauro Chagas 09/11/2012 

LIBERDADE E HORIZONTE JUNTOS



Um Ronco alto como trovão,
faz a o chão tremer.
 Acelera coração! Não pare de bater!
Hoje é mais um dia, vamos logo ali,
Um bate e volta ou estilingar.
Não somos muitos mas, seremos o bastante
Assim que encontrarmos os outros
Temos o mesmo querer.
Somos livres de qualquer agonia,
Somos seres do azul em perfeita harmonia.
Sobre nossas borrachas rodam as alegria
Pois a saudade nunca nos incomodou
Ricos sonhos no horizonte buscamos!
Na esperança pura de existir somente
Para novas histórias viver, 
boas hitórias ter pra contar,
Como o vento que penteia nossos cabelos
ou enrruga a testa,
Somos diferentes sim, 
só a liberdade nos faz iguais
Vamos em fila, em bando ou em grupo.
O horizonte é nossa razão 
e uma boa causa omero destino.
Na noite as estrelas são todas iguais,
só mudam o tamanho e a posição na nossa chegada
O universo das duas rodas é solene
Seres da alegria, paceiros na irmandade
A nossa perfeição é vivermos em completa harmonia.
Que bom mano velho 
Que bom meu irmão,
Que bom, te ver outra vez.!
Dá cá um forte MotoAbraço!

sábado, 30 de março de 2013

Curitiba 320anos


Curitiba brejeira, moderna, punk, roqueira e também sertaneja. De todas as tribos, cheia de crenças e muita fé.
Polaca da serra do mar, Terra de Guairacá, (jardim luz, cheio de rosa Capital do Paraná. Pela ridente paisagem. 
Pela riqueza que encerra,) ...capital do pinhão, serra das araucárias, da polaca e do gibão, Curitiba paixão, querida do seu próprio jeito fechado, amiga sempre. 
Parabéns bela Curitiba capital do nosso Paraná.

Salve 29/03/2013




quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Curitiba 319 anos



Curitiba 319 anos

Como é bom chegar nesta data e ver tudo fizestes,
e o quanto és querida neste tempo que vivemos.
Menina de 319 anos capital da polaquinha.
Sede mundial de uma Boca séria porém Maldita.
Nas trilhas da rua XV muitos amores nasceram 
muitas amizade se acabaram.
Decisões foram tomadas em palanques.
Muitos rumos foram tomados.
Muito saltos quebrados e muitas solas gastas
fizeram deste vai e vem a tua bela história.
Curitiba faceira és querida grande companheira.
Parabéns Polaquinha, Parabéns nação da exigência.
Que o teu encanto seja eterno.
Nos fazendo sempre felizes e de termos orgulho
de simplesmente sermos Curitibanos.
Parabéns Curitiba!



Mauro Chagas 29/03/2012

Anjo e Suplica


Anjo,
Hoje eu ví um anjo,
Ele me levou a vida eterna 
e fim...
07/11/12






Suplica,
Eu suplico a Deus
dias sem aflição
que a ordem geral
seja o amor
Eu suplico a Deus
harmonia completa
o centro e tudo
07/11/12

segunda-feira, 2 de julho de 2012

Vesti me de tudo


                                                 Mauro Chagas2011

EU ME VESTÍ DE TUDO O QUE QUERIA SER
E INCONSCIENTEMENTE VIAJEI, FÚI ALÉM.
FIZ DOS LIMTES MEUS CÉUS;
AS ESTRELAS BELAS E FEMININAS
ESPELHAVAM O DIA QUE VIRIA.

AGORA ACORDADO ENCONTREI MEU CAMINHO

A LUZ, A LINHA,O CÉU, O PONTO
VEJO NOS TEUS OLHOS UM CONTO
DE VIDA E AMOR, COMO;
A MANHÃ, A TARDE E A NOITE
ESCREVEM A VIDA, VENDO O TEMPO PASSAR.

AGORA ACORDADO ENCONTREI VOCÊ.

JÁ NÃO É SONHO, E AGORA NÃO ANDO SOZINHO
COMEÇO A ESCREVER MEUS DIAS
COM NOVAS RIMAS, DE MANHÃ SONETO
A TARDE TALVEZ BALADA,
MAS A NOITE ENCANTA-ME UMA RIMA DOCE ROMÂNTICA.

NATUREZA URBANA


                                                  Mauro Chagas2012

ABRI OS OLHOS E SÓ CONSEGUI VER
A SIMPLICIDADE DA NATUREZA URBANA
SUAS LINHAS GEOMÉTRICAS
SUAS QUADRAS E QUARTEIRÕES, FRIAS?

E LOGO DEPOIS DA ESQUINA ENXERGUEI
A LUZ DO MEU CORAÇÃO FOCANDO VOCÊ
E NAS CALÇADAS DIÁRIAS SEGUI 
O TEU CALOR ESQUECIDO NO MEU TRAVESSEIRO

ABRI OS OLHOS E SÓ CONSEGUI VER
A SIMPLICIDADE DA NATUREZA URBANA
E ALI NA VITRINE SONHEI TEU ENCANTO
VIVI TEUS ABRAÇOS E ACORDEI TEUS BEIJOS

ASSIM CAMBALEANDO NA TRILHA ASFÁLTICA
A SOMBRA DE UMA ÁRVORE SECA O VULTO
NA SIMPLICIDADE DA NATUREZA URBANA
ESTAVAS ALI SIMPLES ASSIM, COMENDO CACHORRO QUENTE!